quarta-feira, 3 de março de 2010

Tudo voltou ao normal, Novamente a tristeza que antes disfarçava Agora se expulsa de meu ser, abalada Como posso Ter todo esse mal? Esse mal de fixar meu pensamento em uma só coisa Em uma só lembrança, em uma só pessoa Estou morrendo pouco a pouco...Quero gritar! E essa dor incessante de meu peito retirar, Dor que está despedaçando meu coração. Estou me perdendo novamente Na melancolia e na escuridão de minha mente Onde só existe arrependimento e vontade Vontade de te pedir perdão e te ver feliz E arrependimento de Ter feito o que fiz Mas, te ver feliz seria com sua outra metade Não eu... Não quero lágrimas ao meu peito E sim um sorriso direito. Por mais que eu tenha certeza De que nunca mais terei ao meu lado sua beleza Ainda teimo em continuar nessa eterna tristeza Ferindo-me neste amor roubado, Desse Sentimento calado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário